PEQUENOS PECADOS


Essa coisa de pôr o talento a serviço da grana do sem imaginação mas com talento pra ganhar dinheiro é dose!
Tem gente que é bom pra caramba no que faz e tem gente que além de ser bom dá uma sorte danada!
Esse é o crivo do destino que abençoa aqueles que terão sucesso.
Eu nunca acreditei em sorte, eu achava que bastava ter talento, trabalhar muito e o resultado positivo, em sucesso, fama ou grana seria conseqüência.
Engane-me!
Percebi isso depois que vi o filme Match Point.
Vc viu esse filme? Veja.
Basta um segundo de sorte pra catapultar qualquer FDP ao sucesso e, abre parênteses, tem gente que é FDP mas cria oportunidades ou seria exatamente por isso que são uns FDP?
Não sei. Veja o filme assim que der. Tá na locadora, tá na net pra baixar. Eu só baixo filme estrangeiro, mas sou obrigada a confessar que comprei o Tropa de Elite Pirata e quer saber? Não me arrependo e ainda vou ver no cinema.
Pequeno pecado como voto na eleição, o meu foi apenas um, mas meus amigos me culpam até hoje pelas barbaridades gramaticais e sem-noção do Lula… Quer saber? Ultimamente me culpo também, porque foi um erro pela insistência e na ocasião eu nem percebi que se eu não tivesse votado nele, nada aconteceria de diferente. Uma gota no oceano polui o continente? Polui, sim… Então não importa a quantos filmes nacionais eu vi, nem quantos amigos arrastei para o cinema, importa que eu comprei uma mídia pirata de um filme roubado de um estúdio de dublagem e declarei que votaria no Lula. Poderia ter feito, só não deveria ter contado… Isso já deu filme também, chama Pecados íntimos. Muito bom, tanto o filme quanto pecar…
E o que você tem a ver com isso?
Fico imaginando uma pessoa e seu trabalho com duração prevista de 30 dias, sem pode enrolar, fugir tomar um café porque tem prazo para entregar. Penso que “apanho” para conviver com os prazos.
Tenho alma de artista e artista tinha que ser intuitivo, sem compromisso nos moldes antigos daqueles que morriam de tuberculose como os poetas , loucos como Van Gogh ou os dois como Mozart.
Acho que essa vida de artista regrada e tecnológica é um saco!
Hoje não vou trabalhar, vou pra praia e amanhã tudo vai sair como mágica do meu desktop…